Resultado do ENEM

Depois de passar todo o nervosismo com a realização da prova, surge no estudante a ansiedade e aquele friozinho na barriga quanto a liberação dos resultados obtidos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Então respira, acalma o coração, e veja aqui no site do Clube de Bolsas quando os resultados do Enem 2018 e 2019 foram ou podem ser liberados.

Para os estudantes que realizaram o exame em 2018, as notas da prova foram divulgadas em 18 de janeiro de 2019 e podem ser conferidas no site do Inep na página do participante. Já para os estudantes que fizeram o exame apenas para auto avaliação, os resultados foram divulgados em 19 de março de 2019.

Contudo, os candidatos que participaram da edição 2019, a previsão de liberação dos resultados é apenas para o ano que vem, ou seja, em janeiro de 2020, como o de costume. No entanto, para diminuir a ansiedade, antes de sair a nota oficial, o estudante tem a possibilidade de checar o gabarito extraoficial e estimar o resultado obtido na prova. Criado por uma equipe de professores qualificados, o gabarito extraoficial e  as notas de exames anteriores podem ser encontradas no site do Descomplica. Para acessar as médias basta o candidato informar o ano do exame, inserir as respostas que marcou na prova e adeus inquietação!

Nota do Enem

Que tal falarmos agora sobre como usar a nota obtida no Enem para ingressar no ensino superior? Partimos da premissa que você já saiba o que é o Sisu, ProUni e Fies. Caso não conheça, clique em cada um dos nomes e saiba tudo sobre esses programas governamentais.

Existem cinco formas de se utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e aí, vamos conferir?

ProUni

Criado com o objetivo de oferecer bolsas de estudo parciais e integrais em faculdades privadas. O Programa Universidade para Todos (ProUni) é um processo seletivo gratuito e informatizado oferecido pelo Governo Federal, que utiliza como principal método de classificação a nota obtida no Enem. Voltado para estudantes que tenham a renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. O ProUni disponibiliza bolsas de estudo de 50% ou 100% para os candidatos selecionados pelo programa. Porém, o valor da porcentagem irá variar de acordo com o resultado alcançado no Exame.

Para participar é muito simples. O estudante deverá ter feito o Enem no ano anterior e ter atingido uma pontuação média de 450 pontos e não ter zerado a redação. O período de inscrições é aberto duas vezes por ano, sendo no primeiro e segundo semestre do ano letivo. Para se inscrever basta o candidato acessar ao site oficial do ProUni e preencher os campos que se pede.

Sisu

Também oferecido pelo Gorverno Federal, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), utiliza a nota do Enem como forma de selecionar candidatos para uma vaga no ensino superior. Diferente do ProUni, as vagas do Sisu são exclusivas para universidades públicas e não é necessário a comprovação de renda para participar das seletivas. Com inscrições gratuitas e feitas duas vezes por ano, no Sisu não é necessário atingir nota mínima no Enem, basta o candidato ter realizado a prova do ano anterior e não ter zerado a redação.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa governamental cujo o objetivo é facilitar o ingresso de alunos de baixa renda ao ensino superior. O Fies oferece aos candidatos selecionados um auxílio para custear as mensalidades da faculdade até a conclusão do curso. Porém, depois de formado, o aluno beneficiado pelo Fies deverá pagar o valor emprestado pelo governo.

Complemento para o vestibular

A nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode ser usada para complementar o desempenho do estudante no vestibular. No entanto, apenas algumas universidades aceitam a nota do Exame como complemento. Sendo assim, é necessário que antes de realizar o vestibular, o estudante confira o edital do processo seletivo que pretende participar.

Quer ficar por dentro de tudo sobre as melhores faculdades?