loading

Aguarde, carregando...

loading

Bolsas de estudo em Ciências Biológicas

Ciências Biológicas com bolsa de estudo com desconto na mensalidade

Descrição


O curso de Biologia – ou Ciências Biológicas - forma biólogos, profissionais que estudam e pesquisam o comportamento, composição, evolução e características de todas as formas de vida (humana, animal etc.) sendo elas microscópicas ou até em grandes portes, entendendo a relação das criaturas com a natureza. Durante o curso, o aluno será levado a ter profundo conhecimento da diversidade dos seres vivos, sua organização em diferentes níveis, suas respectivas distribuições e relações com o ambiente em que vivem. Para isso é necessário intensa prática com laboratórios, ambientes naturais de diversas espécies e entre outros, por isso o curso possui um teor bem prático.
O objetivo do curso é proporcionar a formação que levem o aluno a: procurar, interpretar, analisar e selecionar informações; identificar problemas relevantes,
realizar experimentos e projetos de pesquisa. Para entender melhor o que se estuda no curso de Biologia, o Ministério da Educação (MEC) instituiu 5 bases que a formação deve seguir, sendo elas:

  • Biologia celular, molecular e de evolução: Visão ampla da organização e interações biológicas, construída a partir do estudo da estrutura molecular e celular, fundamentados pela informação bioquímica, biofísica, genética e imunológica. Compreensão dos mecanismos de transmissão da informação genética, em nível molecular, celular e evolutivo.
  • Diversidade biológica: Conhecimento da classificação, filogenia, organização, biogeografia, etologia, fisiologia e estratégias adaptativas morfo-funcionais dos seres vivos.
  • Ecologia: Relações dos seres vivos com o ambiente ao longo do tempo geológico. Conhecimento da dinâmica das populações, comunidades e ecossistemas, da conservação e manejo da fauna e flora e da relação saúde, educação e ambiente.
  • Fundamentos das ciências exatas e da terra: Conhecimentos matemáticos, físicos, químicos, estatísticos, geológicos e outros fundamentais para o entendimento dos processos e padrões biológicos.
  • Fundamentos filosóficos e sociais: Reflexão e discussão dos aspectos éticos e legais relacionados ao exercício profissional e conhecimentos básicos de História, Filosofia e Metodologia da Ciência, Sociologia e Antropologia.


Guia Completo


O bacharel em Biologia dura 4 anos, contendo 8 semestres. A licenciatura em Biologia dura de 2 a 3 anos, contendo em média de 4 a 6 semestres. Em amabos os tipos de formação, o estudante deverá realizar o estágio obrigatório. 

  • 360 horas, em média. (Bacharel)
  • 300 horas, em média (Licenciatura)

Para você se situar. As diferenças entre o bacharel e a licenciatura são as áreas de atuação e a grade curricular. O licenciado em Biologia é preparado para ser professor de crianças e jovens, lecionando para educação infantil, ensino fundamental, médio e educação de adultos, por isso a grade dessa especialização contém matérias de cunho pedagógico, como psicologia da educação. Já o bacharel em Biologia, pode atuar em diversas áreas de atuação,
como: pesquisa, prestação de serviços de assessoria na área ambiental de empresas, gestão ambiental, ecotoxicologia, ecoturismo (turismo ecológico), estudos e pesquisa relacionados ao meio ambiente, entre outros. 



Onde Trabalhar


O biólogo é o profissional que estuda e realiza pesquisas dentro de diversas áreas. Devido ao seu profundo conhecimento nas características de várias espécies de vida, o profissional em biologia é pertinente para áreas de pesquisa de remédios e curas de doenças, nos âmbitos de veterinárias e em áreas de pesquisa de plantas. 

O Clube de Bolsas separou algumas áreas de atuação para a área de Biologia. As informações são do Conselho Federal de Biologia (CFBio). 

Áreas de Atuação do Biólogo em Meio Ambiente e Biodiversidade 

  • Aquicultura: Gestão e Produção; 
  • Arborização Urbana;
  • Auditoria Ambiental; 
  • Bioespeleologia; 
  • Bioética;
  • Bioinformática; 
  • Biomonitoramento; 
  • Biorremediação; 
  • Controle de Vetores e Pragas;
  • Curadoria e Gestão de Coleções Biológicas, Científicas e Didáticas; 
  • Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits;
  • Biológicos; 
  • Diagnóstico, Controle e Monitoramento Ambiental; 
  • Ecodesign; 
  • Ecoturismo; 
  • Educação Ambiental; 
  • Fiscalização/Vigilância Ambiental; 
  • Gestão Ambiental; 
  • Gestão de Bancos de Germoplasma; 
  • Gestão de Biotérios; 
  • Gestão de Jardins Botânicos; 
  • Gestão de Jardins Zoológicos; 
  • Gestão de Museus; 
  • Gestão da Qualidade;
  • Gestão de Recursos Hídricos e Bacias Hidrográficas; 
  • Gestão de Recursos Pesqueiros; 
  • Gestão e Tratamento de Efluentes e Resíduos; 
  • Gestão, Controle e Monitoramento em Ecotoxicologia; 
  • Inventário, Manejo e Produção de Espécies da Flora Nativa e Exótica; 
  • Inventário, Manejo e Conservação da Vegetação e da Flora; 
  • Inventário, Manejo e Comercialização de Microrganismos; 
  • Inventário, Manejo e Conservação de Ecossistemas Aquáticos: Límnicos, Estuarinos e Marinhos; 
  • Inventário, Manejo e Conservação do Patrimônio Fossilífero; 
  • Inventário, Manejo e Produção de Espécies da Fauna Silvestre Nativa e Exótica; 
  • Inventário, Manejo e Conservação da Fauna; 
  • Inventário, Manejo, Produção e Comercialização de Fungos; 
  • Licenciamento Ambiental; 
  • Mecanismos de Desenvolvimento Limpo (MDL); 
  • Microbiologia Ambiental; 
  • Mudanças Climáticas; 
  • Paisagismo; 
  • Perícia Forense Ambiental/Biologia Forense; 
  • Planejamento, Criação e Gestão de Unidades de Conservação (UC)/Áreas Protegidas; 
  • Responsabilidade Socioambiental; 
  • Restauração/Recuperação de Áreas Degradadas e Contaminadas; 
  • Saneamento Ambiental; 
  • Treinamento e Ensino na Área de Meio Ambiente e Biodiversidade;

Áreas de Atuação do Biólogo em Saúde

  • Aconselhamento Genético; 
  • Análises Citogenéticas;
  • Análises Citopatológicas; 
  • Análises Clínicas;
  • Análises de Histocompatibilidade; 
  • Análises e Diagnósticos Biomoleculares; 
  • Análises Histopatológicas; 
  • Análises, Bioensaios e Testes em Animais; 
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Leite Humano;
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Órgãos e Tecidos; 
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Sangue e Hemoderivados; 
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Sêmen, Óvulos e Embriões; 
  • Bioética;
  • Controle de Vetores e Pragas; 
  • Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits;
  • Biológicos; 
  • Gestão da Qualidade; 
  • Gestão de Bancos de Células e Material Genético; 
  • Perícia e Biologia Forense; 
  • Reprodução Humana Assistida;
  • Saneamento Saúde Pública/Fiscalização Sanitária; 
  • Saúde Pública/Vigilância Ambiental; 
  • Saúde Pública/Vigilância Epidemiológica;
  • Saúde Pública/Vigilância Sanitária; 
  • Terapia Gênica e Celular;
  • Treinamento e Ensino na Área de Saúde.

Áreas de Atuação do Biólogo em Biotecnologia e Produção

 

  • Biodegradação;
  • Bioética;
  • Bioinformática; 
  • Biologia Molecular; 
  • Bioprospecção; 
  • Biorremediação; 
  • Biossegurança; 
  • Cultura de Células e Tecidos;
  • Desenvolvimento e Produção de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs); 
  • Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits;
  • Biológicos;
  • Engenharia Genética/Bioengenharia; 
  • Gestão da Qualidade; 
  • Melhoramento Genético; 
  • Perícia/Biologia Forense; 
  • Processos Biológicos de Fermentação e Transformação; 
  • Treinamento e Ensino em Biotecnologia e Produção.

 



Perfil do curso


Segundo diretrizes do MEC, o licenciado em Ciências Biológicas deverá: 

  • Apresentar uma visão integral e integrada da biologia, e das relações desta com outras ciências, que o permita compreendê-la melhor e, associadas a uma postura crítica e espírito criativo, agir com autonomia;
  • Mostrar uma compreensão histórico-filosófica das Ciências Biológicas e do seu significado no contexto sócio-político-econômico que o permita conscientizar-se da realidade que vai atuar e de ser agente transformador desta realidade buscando a melhoria da qualidade de vida da população;
  • Ser detentor de fundamentação teórica adequada como base para ações competentes no seu campo de atuação profissional e exercício da cidadania e que o permita adaptar-se à dinâmica do mercado de trabalho em contínua transformação;
  • Atuar comprometido com os propósitos político-sociais da educação e consciente do seu papel na formação de cidadãos;
  • Ser comprometido com a atualização profissional constante, assumindo uma postura de flexibilidade e disponibilidade para mudanças;
  • Ter o entendimento do processo histórico de construção do conhecimento na área de Ciências Biológicas, no que diz respeito a conceitos, princípios e teorias, consciente da necessidade de produzir, divulgar e aplicar o conhecimento no seu cotidiano de trabalho e de cidadão;
  • Ser consciente da necessidade de atuar em prol da biodiversidade de forma a permitir o atendimento das necessidades básicas do homem em harmonia com a natureza e da manutenção do planeta vivo.
  • Ser consciente da sua responsabilidade como educador, nos vários contextos de atuação profissional;
  • Ser comprometido com os resultados da sua atuação, que paute sua conduta por critérios humanísticos e de rigor científico e por referenciais éticos e legais.


Quer ficar por dentro de tudo sobre as melhores faculdades?